Blog

língua

 

é preciso manejar bem a língua
para escrever um poema

{para alcançar o fundo}

[não do oco, mas do espaço
mágico produzido pelas bordas]

é preciso lamber as letras
e se sentir mordido por elas

é preciso abrir bem a boca
e mostrar a língua
e é justamente quando a língua
está bem presa, mordida pela palavra,
que ela pode deixar de ser
apenas músculo

sim, há papilas gustativas
para cada letra,
cada lambida no sentido.

[Imagem: Lenora de Barros, Poema, 1979.]