Blog

Já escrevi uma resenha desse livro que acaba de ganhar sua segunda edição – agora digital. Quero, no entanto, voltar a recomendá-lo aqui. Lúcio Marzagão consegue algo notável nesse romance. Ele nos transporta aos últimos momentos de vida de Freud, momentos de dor intensa, de sofrimento, mas ainda de reflexão, de paixão pela psicanálise. De forma ficcional, mas a partir de um imenso trabalho de pesquisa sobre esses últimos anos de Freud, Lúcio nos dá um panorama que vale apreciar com cautela. Aprendemos muito sobre psicanálise ouvindo esse Freud ficcional, mas que respeita profundamente o pensamento do inventor da psicanálise.

À venda na Amazon, em formato digital.

Se você quiser o livro impresso, solicite-o na Livraria da Travessa.